Províncias

Governador exige mudança de atitude

Domingos Calucipa | Ondjiva

O governador do Cunene, Vigílio  Tiyova, disse, ontem, que as reformas que vão ser implementadas no próximo ano na província,  só vingarão se os responsáveis que dirigem  os diversos sectores tiverem um perfil técnico e académico à altura.

Governador do Cunene, Vigílio Tiyova
Fotografia: DR

O governante, que falava na cerimónia de cumprimentos de fim-de-ano com membros do seu elenco, adiantou que as mudanças em vista  vão abranger também os funcionários do regi-me geral e especial. “A gestão dos recursos humanos na província tem de ser reformulada. Por isso, vamos corrigir, remodelando e reajus-
tando o Governo Provincial, administrações municipais e comunais”, anunciou,  para acrescentar: “O capital humano é muito mais importante do que o económico e financeiro, por constituir o factor determinante para o alcance dos objectivos do Programa Nacional de Desenvolvimento”. Vigílio Tiyova disse que nos sectores Social e Económico a prioridade vai ser dada à população, Pecuária, Agricultura, fornecimento de água e de energia eléctrica.
“A falta de água tem sido a principal causa de morte no seio do gado. Portanto, temos de inverter este quadro, porque o gado é o principal activo económico da  província, pois condiciona  a vida de muita gente  e o crescimento  empresarial.
 Para o governador a solução definitiva da problemática da falta de água passa pela captação a partir dos rios Cunene, Calonga e Cubango, pelo que “em 2019 deve-se começar com os estudos e levantamento dos percursos e da construção de canais. Mas antes que isso aconteça serão construídas represas, desassoreamento, abertura de furos para que tenhamos um sistema de abastecimento de água permanente.
  

Tempo

Multimédia