Províncias

Governo constrói em Ondjiva uma nova sede administrativa

Elautério Silipuleni| Ondjiva

O governador do Cunene, António Didalelwa, colocou oficialmente, ontem, na cidade de Ondjiva, a primeira pedra para a construção do novo edifício do governo provincial.

António Didalelwa colocou a primeira pedra para a construção do novo edifício administrativo
Fotografia: Venâncio| Ondjiva

O edifício, de três andares e orçado em mais de 991,8 milhões de kwanzas, vai ocupar um espaço de 38.900 metros quadrados e vai ser erguido em 14 meses por uma construtora angolana, a Omatapalo. Vai ter vários gabinetes e outros compartimentos de serviços e apoio, parque de estacionamento, e áreas para diferentes direcções provinciais.
António Didalelwa referiu que o novo edifício consta do Programa de Investimentos Públicos, PIP, e vai conferir maior dignidade e melhores condições de acomodação aos membros do governo e funcionários das diferentes direcções provinciais.
O governador, que no mesmo dia colocou a primeira pedra para a construção do Palácio do governo da província e da praça central de Ondjiva, onde vai ser erguida uma estátua do Rei Mandume, considerou o acto de “grande importância” por albergar infra - estruturas que vão dar uma nova imagem à própria cidade capital.
“A principal intenção com a construção destas infra-estruturas é permitir melhores condições de acomodação aos funcionários, mas também garantir melhor imagem arquitectónica na capital da província do Cunene”, sublinhou.
O novo Palácio do governo, cujas obras devem levar 14 meses, vai ter vários compartimentos para os serviços protocolares, um edifício principal de dois pisos ocupando uma área de quatro mil metros quadrados.
A praça central vai ser construída numa área de dois hectares e, além da estátua do Rei Mandume, vai contemplar o abastecimento de água, através de fontenários, zonas com iluminação pública, bancos, jardins e outros espaços de lazer.

Tempo

Multimédia