Províncias

Governo está empenhado em criar habitação digna

O Governo Provincial do Cunene está apostado na melhoria das condições habitacionais da população, através da construção de moradias dignas com os padrões exigidos universalmente, assegurou ontem, em Ondjiva, o vice-governador do Cunene para Infra-estrutura e Serviço Técnico.

Programa de Fomento Habitacional está a melhorar a imagem dos municípios e comunas
Fotografia: Jornal de Angola |

Cristino Ndeitunga disse à Angop ser preocupação do Governo propiciar habitação digna à população, daí o lançamento, em 2012, do Programa de Fomento Habitacional consubstanciado na construção de cem casas sociais para cada município, a nível do Cunene.
 Neste momento, o trabalho de edificação das casas encontra-se numa fase avançada, com uma execução financeira e física na ordem dos 80 por cento, o que dá outra imagem as sedes municipais, onde as casas estão a ser construídas.
 Cristino Ndeitunga informou que as habitações são do tipo T3, sendo que o município do Cuanhama já conta com 40 moradias erguidas, 28 em Ombadja, 59 na Cahama, 33 em Namacunde, 31 em Cuvelai e 44 no Curoca.
 A par destes projectos, na localidade de Cashila III, arredores de Ondjiva, já foram construídas 400 casas sociais das 2.500 previstas.
 A divisão política administrativa do Cunene compreende seis municípios, 20 comunas, 273 aldeias e uma população calculada em 762.949 habitantes.

Tempo

Multimédia