Províncias

Governo executa programa de apoio às vítimas da seca

A população da província do Cunene vai beneficiar este ano de 60 novos furos de água, no âmbito da aplicação do programa de emergência para acudir à população vítima da escassez deste líquido, anunciou em Ondjiva o chefe de departamento da Direcção de Energia e Águas.

Evangelista Kamaty disse que estes furos, que se juntam aos outros em reparação, começaram a ser projectados em 2013, após o período de estiagem, em Maio, com  acções imediatas e a médio prazo para suprir a carência de água potável da população.
Os municípios da província vão  contar com 20 furos cada, entre dez novos e igual número reabilitado.
Segundo dados do Governo do Cunene, a seca afectou 542.467 pessoas, em diferentes localidades da província, com realce para as zonas rurais.

Conduta de água

O chefe de departamento da Direcção de Energia e Águas do Cunene, Evangelista Kamaty, informou que a conduta Xangongo/Ondjiva vai comportar seis mil ligações domiciliares de água potável, numa primeira fase. Em declarações à Angop, disse que este número de ligações abrange as duas localidades, com Xangango a dispor de duas mil ligações já efectuadas e Ondjiva  quatro mil, das quais, 2.200 foram já concluídas.
As ligações ao domicílio tiveram  início no segundo semestre de 2013  e neste momento decorrem acções similares nos bairros de Naipalala I e II, arredores de Ondjiva, pontualizou, acrescentando que os bairros da Cashila II e III, na cidade de Ondjiva,  aguardam pela segunda fase.
A conduta Xangongo/Ondjiva, cujo projecto foi lançado em Novembro de 2008 e orçou em 220 milhões de dólares, vai ainda distribuir água para as localidades do Humbe, Môngua, Missão da Môngua, Mbulunganga, Oihole, Hungo, Chiedi e Anyanga.
O programa “Água para Todos”, levado a cabo em várias regiões do país, tem contribuido para o aumento da oferta deste bem indispensável à vida das populações, que deixam de percorrer longas distâncias para a sua aquisição.

Tempo

Multimédia