Províncias

Governo provincial do Cunene destaca papel social das igrejas

Domingos Calucipa| Ondjiva

O vice-governador do Cunene para o sector económico e social, Jerónimo Haleinge, destacou recentemente que a igreja é um parceiro privilegiado do governo, pelo seu amplo contributo na solução de vários problemas espirituais e materiais da população.

O vice-governador do Cunene para o sector económico e social, Jerónimo Haleinge, destacou recentemente que a igreja é um parceiro privilegiado do governo, pelo seu amplo contributo na solução de vários problemas espirituais e materiais da população, desde o seu nascimento, sobretudo na disseminação da palavra da fé e na formação do homem.
O governante falava na inauguração do templo sede da Igreja Nova Apostólica na cidade de Ondjiva, onde a figura dominante foi a presença do reverendo máximo da congregação, o alemão Armin Brinkman, no quadro da sua missão pastoral a Angola.
Jerónimo Haleinge lembrou que desde muito tempo que a igreja sempre serviu o país na formação de quadros e na assistência medico-medicamentosa da população, além do seu real papel de pacificação dos espíritos.
“O campo de acção da igreja e do governo é quase comum, que é servir a população. Sabemos que o fortalecimento das igrejas é sinónimo da expansão da palavra da fé. Estamos cientes de que vai contribuir na resolução dos problemas da nossa sociedade, isto é na melhoria das suas condições, quer espirituais, quer materiais”, afirmou o vice-governador.
Com o novo templo os fiéis daquela congregação religiosa em Ondjiva têm a partir de agora um espaço próprio para a realização dos seus cultos, com condições que lhes permitem protegerem-se do sol e da chuva.
O reverendo máximo da Igreja Nova Apostólica, Armin Brinkman, disse que a igreja está presente em Angola desde 1983, e actualmente está representada em todas as províncias, o que está a permitir o crescimento da sua comunidade, hoje a fixar-se nos 200 mil membros. Referindo-se ao novo templo, o responsável religioso sublinhou que nada é melhor do que ter uma casa própria, pelo que a comunidade da igreja sente-se melhor acolhida e dignificada.
O reverendo afirmou que a sua igreja coopera com os governos em todos os países onde está presente. Em vários pontos do país tem erguido vários centros de saúde e jardins infanto-juvenis que prestam assistência a população.
Assegurou que no quadro da acção social da igreja, esta tem em carteira a construção de uma escola na cidade de Ondjiva nos próximos tempos.

Tempo

Multimédia