Províncias

Governo provincial do Uíge reunido

Valter Gomes| Uíge

Os participantes a primeira  Sessão Ordinária do Governo Provincial do Uíge defenderam, na segunda-feira, a   melhoria da prestação de serviços primários de saúde nas sedes municipais, comunas, regedorias e aldeias, para que a população possa beneficiar de um atendimento mais humanizado.

Governo da província apreciou os resultados do processo de registo eleitoral e os concursos públicos realizados na educação e saúde
Fotografia: filipe botelho|uíge-edições novembro

Na sessão orientada pelo governador da província, Paulo Pombolo, ficou assente que a  melhoria da qualidade dos serviços de saúde nos municípios pode contribuir no descongestionamento das principais unidades sanitárias, evitar o surgimento de várias doenças no seio dos habitantes, bem como permitir o bem-estar e desenvolvimento são da população na província.
No que se refere ao sector da Justiça e dos Direitos Humanos, os membros do Governo provincial solicitaram a criação de mais postos de Registo e de Identificação Civil, e Criminal nos municípios da província, com vista a satisfação das necessidades da população neste domínio.
Os membros do Governo provincial tomaram conhecimento do arranque do ano lectivo no ensino geral, previsto para o dia 31 deste mês, e da realização do seminário de Inovações na Execução das Despesas Públicas para o Orçamento Geral do Estado/2017. Também foi tida em conta os resultados dos concursos públicos realizados recentemente nos sectores da Educação e Saúde. Os participantes a primeira Sessão Ordinária do Governo Provincial do Uíge apreciaram os resultados do processo de Registo Eleitoral a nível da província, que, até  a altura, estavam registados 400.269 eleitores, o que corresponde a 68 por centos do total de eleitores previstos. Em função disso, foi recomendado as administrações municipais a continuarem a evidenciar esforços para se alcance  a cifra preconizada.
 O governador provincial, Paulo Pombolo, garantiu que, apesar da conjuntura económica e financeira que assola o país, 2017 será um ano melhor para a província, a julgar pelas políticas traçadas, cujo resultados serão traduzidas com o empenho e dedicação de todos.
Paulo Pombolo manifestou-se satisfeito com os avanços registados no sector da Energia e Águas na província, referindo que a primeira fase de reabilitação e expansão da rede de distribuição de água para os bairros da cidade do Uíge, com nove mil ligações domiciliárias, caminha para a sua fase conclusiva e vai beneficiar mais de 50 mil habitantes.
O responsável assegurou que alguns projectos iniciados em 2014 e que foram paralisados devido a crise vão conhecer um novo impulso neste ano. Sublinhou que ficou ainda por se concluir os 352 quilómetros da estrada adjudicados em 2014, cujo trabalhos conheceram um grande avanço. Os constrangimentos que ainda se registam, disse Paulo Pombolo, levaram o Executivo a definir um “orçamento  possível” para atender as acções de índole social e minimizar as dificuldades da população.
 Com base nisso, Paulo Pombolo pediu aos responsáveis do Gabinete de Estudos e Planeamento do Governo Provincial, da Secretaria-geral, e das administrações municipais   para definirem, no âmbito dos programas estabelecidos para 2017, as principais prioridades para este ano.
Em relação aos concursos públicos realizado recentemente na Saúde e Educação, o governador provincial chamou a atenção dos responsáveis dos respectivos sectores para reverem as políticas de colocação dos funcionários admitidos.

Tempo

Multimédia