Províncias

Habitantes de Uia com água potável

Elautério Silipuleni| Uia

Os habitantes da povoação da Uia, município da Cahama, têm desde sexta-feira acesso a água potável, com a entrada em funcionamento de um sistema de abastecimento e distribuição, inaugurado pelo vice-governador do Cunene para o sector Económico, António Candeeiro.

O administrador municipal da Cahama, Lopo da Costa, informou ontem que o sistema de água, criado com fundos do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza, beneficia 3.400 habitantes da povoação.
As obras, que custaram 8,955 milhões de kwanzas, foram executadas no prazo de um mês. O sistema de distribuição tem capacidade para fornecer dois mil litros de água por hora e um reservatório de 11 mil litros.
Na povoação da Uia, o vice-governador António Candeeiro inaugurou igualmente 50 casas evolutivas e o centro cultural local, empreendimentos construídos no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza, e que custaram 51 milhões de kwanzas.
António Candeeiro disse que a inauguração do sistema de abastecimento de água, centro cultural e as casas evolutivas vão prestar um trabalho condigno à população e prometeu que estes empreendimentos vão ser complementados com outras acções, com destaque para a iluminação pública na povoação.
O vice-governador apelou a população daquela parcela da província do Cunene para contribuírem nas acções de desenvolvimento da região, uma vez que não se trata de tarefa exclusiva do governo.
O responsável pediu ainda os habitantes para conservarem os bens ora inaugurados, tendo em conta as somas envolvidas.

Tempo

Multimédia