Províncias

Hemoterapia local recebeu reforços

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

Um grupo de 45 fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus doou sangue ao Hospital Geral de Ondjva, que nos últimos tempos regista grave carência.
Segundo o responsável do centro de hemoterapia do hospital, José Clemente, a maior unidade hospitalar da província do Cunene encontra-se cada vez mais desprovida de sangue para atender diversos casos de transfusão, muitos dos quais urgentes.

“É difícil conseguir sangue no stock do hospital, o que obriga familiares de pacientes e técnicos a redobrar esforços para mobilizar doadores para salvar vidas em perigo”, disse José Clemente.
Barnabé Faustino, da Igreja Universal do Reino de Deus, sublinhou que o gesto dos fiéis tem como objectivo ajudar o hospital a prover o seu banco de sangue para acudir as pessoas em risco de vida, sobretudo aquelas que vêm de zonas mais distantes da cidade.
O religioso recordou que o gesto é “contínuo” e que trimestralmente o centro de hemoterapia vai contar com a doação dos fiéis desta congregação.

Tempo

Multimédia