Províncias

Hospitais reforçados com ambulâncias

Elautério Silipuleni | Ondjiva

O governador provincial do Cunene distribuiu sexta-feira às administrações municipais dez ambulâncias, adquiridas no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP), para facilitar, quando necessário, o transporte de doentes em estado grave para as unidades sanitárias com maior capacidade de atendimento.

Transferência de pacientes em estado grave vai conhecer outra dinâmica na província do Cunene depois do reforço com ambulâncias
Fotografia: Eulitério Silipuleni

Com estes meios, os serviços de assistência melhoram nos seis municípios da província e nas localidades Tchipa, Ondjiva, Cavalawa, Canhimei, Mucope, Humbe, Nehone, Mulemba wa Naghama, Mupa e Mucolongonjo. No acto de entrega das ambulâncias, o governador provincial do Cunene, António Didalelwa, disse que estes meios servem para o transporte de doentes em mais curto espaço de tempo.
 Didalelwa pediu aos responsáveis comunais e municipais para cuidarem da melhor maneira das ambulâncias e garantirem maior assistência à população.
O director provincial da Saúde, Eleutério Hivilikwa, disse que “o investimento foi feito em boa hora” e ajudam na melhoria dos cuidados primários de saúde nos municípios e comunas da província. /> “Estas ambulâncias são de grande utilidade e vêm reforçar o esquema que temos estado a desenvolver para a optimização dos cuidados primários, sobretudo no atendimento da população residente nas zonas rurais”, realçou o responsável provincial.
Eleutério Hivilikua sublinhou que são ainda muitas as comunidades que enfrentam dificuldades no transporte de doentes graves, por causa do mau estado das vias de comunicação.
 Com estas acções de recuperação das estradas, o responsável do sector da Saúde na província do Cunene avança que os casos de pacientes que morrem a caminho das unidades clínicas com maior capacidade de resposta vão diminuir substancialmente.

Tempo

Multimédia