Províncias

Hospitais registam aumento de casos de hipertensão

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

Um total de 1.220 casos de hipertensão arterial foram diagnosticados, durante o primeiro trimestre deste ano, nas principais unidades sanitárias da província do Cunene, tendo resultado em 11 óbitos.

Doença causa a morte de várias pessoas
Fotografia: Domingos Cadência

O chefe do departamento de Saúde Pública e Controlo de Endemias, Adelino Kavanda, disse que, em relação ao mesmo período do ano passado, houve um aumento de 127 casos.
O responsável realçou que no referido período foram atendidas 40 grávidas com hipertensão arterial, tendo havido uma morte.
Adelino Kavanda disse que o número de casos de hipertensão arterial é preocupante, numa altura em que existem muitos factores de riscos, como o sedentarismo, maus hábitos alimentares, tabagismo, stress, colesterol alto, uso excessivo de bebidas alcoólicas e obesidade. O responsável aconselhou a população a ter uma maior atenção e responsabilidade na preparação de alimentos e a praticar exercícios físicos e a controlar a doença.

Tempo

Multimédia