Províncias

Humbe tem nova rede eléctrica

Elautério Silipuleni | Humbe

A população da comuna do Humbe, 106 quilómetros a oeste da cidade de Ondjiva, província do Cunene, conta desde ontem com um sistema de distribuição de energia eléctrica e iluminação pública, inaugurado pelo governador provincial, António Didalelwa.

A população da comuna do Humbe, 106 quilómetros a oeste da cidade de Ondjiva, província do Cunene, conta desde ontem com um sistema de distribuição de energia eléctrica e iluminação pública, inaugurado pelo governador provincial, António Didalelwa.
As obras de construção da rede, com capacidade de 250 KVA, foram financiadas no quadro do Programa de Investimentos Públicos da província, num orçamento de mais de 52 milhões de kwanzas. Os trabalhos decorreram durante três meses e estiveram a cargo de empresa Eletro Reparadora e Montadora.
Com a entrada em funcionamento do novo sistema de distribuição de energia eléctrica, os habitantes da comuna do Humbe têm luz em casa e iluminação pública.
O governador da província do Cunene, António Didalelwa, disse que a inauguração da rede de energia eléctrica do Humbe se enquadra no âmbito das estratégias do Executivo para o quadriénio 2008/2012, visando dar melhor oferta de serviços sociais às populações.
Assegurou que o equipamento instalado responde às necessidades da comuna do Humbe, em termos de consumo público e privado de energia, desde que sejam respeitadas as regras de funcionamento e manutenção do sistema.
Aconselhou os habitantes da comuna a preservarem o empreendimento e um outro já existente no Humbe. “Não basta que o governo construa, o importante e difícil é conservar e preservar os bens públicos, acatando as normas e os procedimentos técnicos de gestão e manuseamento”, salientou o governador do Cunene.
A inauguração do sistema, que vem fortalecer o fornecimento de energia eléctrica à comuna do Humbe, onde já foram instalados 132 postes para iluminação pública, enquadra-se no programa de abertura das jornadas comemorativas dos 40 anos da província, que decorrem até 30 de Julho.

Tempo

Multimédia