Províncias

Identificados no Cunene mais portadores de sida

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

As autoridades sanitárias do Cunene registaram, no primeiro semestre deste ano, 1.653 casos de VIH/Sida, 166 dos quais em mulheres grávidas, o que representa um aumento de 715, em relação ao mesmo período de 2013.

Autoridades sanitárias diagnosticam centenas de casos em mulheres grávidas
Fotografia: Rogério Tuti

Os dados foram divulgados no final do encontro de balanço sobre a situação serológica na província, que reuniu directores municipais da Saúde, directores clínicos dos hospitais, supervisores, clínicas privadas, representante da Cruz Vermelha e igrejas.
O plano de actividades tem em vista a eliminação da infecção em crianças, garantindo que logo após o diagnóstico da sida 90 por cento das mulheres grávidas recebem tratamento com retrovirais. Os participantes à reunião defenderam a continuação de campanhas de sensibilização junto das populações no sentido de fazerem testes voluntários nas unidades sanitárias, na perspectiva de cada cidadão conhecer o seu estado serológico.
Durante o encontro, os participantes recomendaram à equipa provincial do programa de combate ao VIH/Sida, em coordenação com as equipas municipais, que seja criada uma base de dados credível.
 Consideraram, ainda, que deve ser reforçado o sistema de gestão e de logística dos testes e outros meios técnicos, para evitar a sua ruptura nos hospitais, testar todas crianças nascidas de mães seropositivas, intensificar a sensibilização das mulheres grávidas e traduzir mensagens para as línguas locais.

Tempo

Multimédia