Províncias

Inauguradas novas escolas na comunidade de Nehoni

Quinito Kanhameni | Nehoni

As crianças das localidades de Namaiaca e Etuatua, na comuna de Nehoni, município do Cuanhama, vão passar a estudar em salas de aulas a partir do próximo ano lectivo, graças às escolas construídas pela UNICEF, no âmbito do projecto de Formação Permanente de Professores “Escolas para África”.

Alunos vão estudar em melhores condições
Fotografia: Jornal de Angola

Inauguradas pelo governador do Cunene, no quadro das comemorações da Independência Nacional, as duas escolas do ensino primário, com três salas cada, vão leccionar aulas da iniciação à 6ª classe.
António Didalelwa disse que o programa de construção de escolas e hospitais em todos os municípios vai continuar, para dar respostas às necessidades, sobretudo no meio rural, onde o número de alunos fora do sistema de ensino é ainda elevado, o que preocupa as autoridades locais.
O director da Educação do Nehone, Teófilo Weyulo, considerou a inauguração das escolas com um dos momentos mais importante para a população local, uma vez que, deste modo, os alunos vão estudar em melhores condições no próximo ano lectivo.
“A abertura das escolas vai acabar com o sofrimento dos alunos que, ao longo de anos, recebiam aulas debaixo das árvores.  Agora, a situação é bem melhor e vai contribuir para o combate ao absentismo que temos registado”, salientou.  Na mesma localidade, o governador entregou, ainda, uma ambulância ao centro de saúde.
A comuna do Nehone, a 55 quilómetros de Ondjiva, passou a ter, também, 50 casas evolutivas geminadas do tipo T2, no quadro do projecto do programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.

Plano para Ondova

O plano de urbanização para a localidade de Ondova, comuna de Oshimolo, no município do Cuanhama, foi apresentado na segunda-feira às autoridades locais, pelo governador António Didalewa.
O plano contempla acções voltadas para a construção de escolas, centros e postos de saúde, água e energia, além de habitação. Prevê, ainda, a construção de vias de comunicação, entre os centros rurais e urbanos.

Tempo

Multimédia