Províncias

Infantário forma crianças

Dionísio David | Ondjiva

O Centro infantil Rainha da Paz, em Ondjiva, encerrou na sexta-feira mais um ano de formação pré-escolar de 30 crianças com idades de três e quatro anos, com a duração de 12 meses, numa organização da Igreja Católica.

O centro infantil afecto à Igreja Católica participa na formação pré-escolar de crianças
Fotografia: Jornal de Angola

O padre Avelino Tuhafeni, vice-reitor do seminário da Missão Católica de Omupanda, presidiu à homilia que marcou igualmente o Natal da Criança, tendo apelado às instituições, aos pais e encarregados de educação o acompanhamento permanente das crianças nas suas múltiplas formas de educação e formação. “As instituições encarregues de formar o homem do futuro, nomeadamente as creches e centros infantis têm desempenhado, nos últimos anos, um papel determinante na formação e educação dos menores, condição indispensável para uma sociedade sã e próspera”, referiu.
O pároco afirmou ainda ser importante associar a formação académica com a componente humanista, porque, disse, permite aos homens ter a consciência de que só com o sentido humano é possível fazer coisas significativas na sociedade.
O vice-reitor ressaltou a educação moral e cívica e o comportando humano, notando que há pessoas no país academicamente realizadas, mas que no plano moral são um desastre, o que, notou, “é prejudicial e inaceitável perante os desafios que se colocam”.

Tempo

Multimédia