Províncias

Investir na rega permite aumentar produção agrícola

O desenvolvimento da produção agrícola no Cunene passa pela criação de pequenos sistemas de irrigação que permitam um maior aproveitamento das águas dos rios Cunene, Cuvelai e Caculuvale.

O director Nacional da Agricultura, Alfredo Armindo Cunha, que dissertava sobre o tema “Desenvolvimento Agrário no Cunene”, disse, durante um colóquio realizado no âmbito do 43º aniversário da criação administrativa do Cunene, que todas as culturas tropicais podem ser produzidas em grande escala no Cunene, mas para tal é necessário que se invista no sistema de irrigação, para levar água aos campos agrícolas.
A província dispõe de bacias hidrográficas do rio Cunene, Cuvelai, Caculuvale, Mui e Calonga, isto é, desde os intermitentes e os permanentes, para a retenção da água, que bem aproveitada pode acelerar o fomento da agricultura na província, de uma actividade agrária de subsistência para agricultura industrial. Deste modo, é possível produzir várias culturas de cana-de-açúcar, tabaco, hortaliças e cultivo de frutas.
Alfredo Cunha sublinhou que a província do Cunene possui grandes potencialidades para o desenvolvimento agrário, devido aos solos arenosos com tendência, em algumas zonas, para argilosos, excelentes para a prática agrícola.

Tempo

Multimédia