Províncias

Jovens com mais espaços de lazer

Quinito Kanhameni| Ondjiva

Os jovens de Ondjiva, província do Cunene, têm a partir de agora serviços de pesquisa em matérias académicas, culturais e de lazer, com a entrada em funcionamento da primeira fase da Casa da Juventude.

A estrutura foi inaugurada pelo ministro da Juventude e Desportos no quadro das comemorações do 14 de Abril dia dedicado aos jovens
Fotografia: Venâncio Amaral|Ondjiva

A estrutura foi inaugurada pelo ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba, no quadro das comemorações do 14 de Abril, Dia da  Juventude Angolana.
O referido empreendimento inclui  salão de beleza, lavandaria, seis suites, cafetaria, salas de informática, de reuniões e de jogos, refeitórios, um anfiteatro, além de área de estacionamento com capacidade para 20 viaturas.
O secretário provincial do Conselho da Juventude no Cunene, Crispiniano dos Santos, revelou que se trata de uma construção totalmente nova, financiada pelo Governo Provincial.
A obra custou perto de 80 milhões kwanzas e vai servir de local de diálogo, reflexão, leitura, estudo, lazer e convívio.

Missa para jovens

 
O bispo da Diocese de Ondjiva, Dom Pio Hipunyaty, pediu aos jovens da região para evitarem o consumo excessivo de álcool, mentiras, calúnias e a desonestidade na sexualidade.
O prelado falava durante a celebração da missa para a juventude, realizada no Bispado de Ondjiva, no quadro das festividades do 14 de Abril.
Dom Pio Hipunyaty apelou igualmente à juventude para se dedicar à vida religiosa, porque só Deus pode indicar o caminho certo.
“Todo o cristão é chamado a ser testemunho da luz de Cristo, sois vós o futuro da Igreja em Angola”, sublinhou o Bispo, na presença do ministro da Juventude e Desportos.
Por outro lado, os membros do Conselho Provincial da Juventude (CPJ) procederam no domingo à entrega de um enxoval aos primeiros três bebés que nasceram no dia 14 de Abril, na Maternidade do Hospital Geral de Ondjiva.

Entrega de enxoval


O referido donativo é composto por banheiras, fraldas, alfinetes, roupas,  mantinhas, botinhas, pastas, sabonete, entre outros.  “Para que a data não passasse em vão, decidimos ajudar algumas senhoras com a oferta de enxovais para os seus bebés”.
Anjela do Nascimento, chefe de secção da Maternidade de Ondjiva, disse que a oferta é louvável e espera que outras associações façam o mesmo, porque há senhoras a passar dificuldades. Actualmente a maternidade tem assistido 16 partos por dia.

Tempo

Multimédia