Províncias

Jovens recebem formação em várias especialidades

Dionísio David | Namacunde

O pavilhão de artes e ofícios do município de Namacunde, província do Cunene, aberto em princípios de 2008, já formou 179 jovens em diferentes especialidades e 85 podem concluir, este anos, os cursos ainda este ano, anunciou, na quinta-feira, o responsável da instituição.

O pavilhão de artes e ofícios do município de Namacunde, província do Cunene, aberto em princípios de 2008, já formou 179 jovens em diferentes especialidades e 85 podem concluir, este anos, os cursos ainda este ano, anunciou, na quinta-feira, o responsável da instituição.
Nelson Manuel Francisco afirmou que das três etapas já percorridas desde o início da formação, foram ministrados cursos de informática, serralharia, carpintaria, marcenaria e electricidade.   Apesar dos resultados conseguidos nas formações já realizadas, frisou, a falta de verbas para a execução dos programas em carteira e para aquisição de ferro e madeira pode comprometer as futuras formações, referiu Nelson Francisco.
Depois da formação, disse, aos jovens coloca-se a preocupação do emprego ou auto emprego, pois apenas 18, até agora, conseguiram colocação no mercado de trabalho.
O auto emprego é a melhor via para a recuperação dos investimentos feitos pelo Governo, com a promoção dos cursos, disse Nelson Franco, que advoga a aquisição de kits de trabalho para os jovens.

Tempo

Multimédia