Províncias

Juventude aconselhada a fazer formação

Dionísio David |Ondjiva

Os jovens do Cunene devem apostar na formação académica e profissional, tendo em conta os actuais e futuros desafios do país, disse, em Cahama, o vice-governador para o sector político e social.

José Veyelenge afirmou que os jovens devem prestar especial atenção à formação por dela depender não apenas o seu futuro, mas o desenvolvimento económico e social de Angola e da própria província.Os jovens, prosseguiu, devem abandonar práticas menos correctas, como o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e a prostituição, para com sentimento patriótico utilizarem toda a sua força e saber no desenvolvimento do país.
O vice-governador lembrou que decorrem vários projectos na província destinados a melhorar as condições de vida da população, entre os quais o Plano Nacional da Juventude.
O director provincial da Juventude e Desportos referiu que a aprovação pelo Executivo do Plano Nacional de Desenvolvimento do sector para 2014/2017 permite dar outro impulso à resolução dos problemas dos jovens. José Wakanhulu referiu que a aprovação daquele plano reafirma o compromisso do Executivo de resolver os problemas dos jovens, com a melhoria das condições dos sectores da educação, saúde e habitação.
Devido à aprovação daquele plano, declarou, foram inaugurados na província vários empreendimentos, entre os quais a Casa da Juventude, em Ondjiva, e o centro comunitário juvenil, em Xangngo.
O director provincial recordou que estão praticamente concluídas as obras de construção do centro comunitário no município da Cahama, 50 casas, em Ombadja, e 40, em Namacunde e que decorrem trabalhos de reabilitação do campo de futebol 11 de Ondjiva.

Tempo

Multimédia