Províncias

Livro de reclamações lançado em Ondjiva facilita os clientes

Domingos Calucipa| Ondjiva

Os consumidores de bens e serviços no Cunene viram reforçados os seus direitos com o lançamento, em Ondjiva, do livro de reclamações, por via do qual os clientes poderm apresentar as suas inquietações quando estiverem confrontados com anomalias.

    O instrumento, apresentado pelo Instituto Nacional de Defesa do Consumidor, deriva do Decreto Presidencial n.º 234/16 de 9 de Dezembro, que cria o regulamento sobre a obrigatoriedade da existência e disponibilização do livro de reclamações em todos os estabelecimentos de fornecimento de bens ou prestação de serviços. Através deste livro, qualquer consumidor pode reclamar anomalias. A directora do INADEC, Paulina Semedo, disse que os comerciantes devem encarar as reclamações dos clientes como uma forma de melhorar os seus serviços.

Tempo

Multimédia