Províncias

Mais moradores de Ondjiva beneficiam de água potável

Dionísio David e Eleutério Silipuleni | Ondjiva

O programa de extensão da rede de distribuição de água potável à província do Cunene vai atingir níveis mais satisfatórios , com a conclusão, até Agosto, de novas ligações domiciliares nos bairros Caxila III e Ekuma, nos arredores de Ondjiva.

Estão a ser reabilitados e construídos vários sistemas de captação e distribuição de água potável
Fotografia: Francisco Bernardo

O trabalho de extensão da conduta de água, a cargo da empresa Cardia, teve início no princípio deste mês e já permitiu instalar um total de 136 caixas de controlo e a distribuição de igual número de torneiras. O responsável da obra, Francisco Vundi, assegurou ontem que, até ao final do mês de Agosto, os moradores da Caxila III e de Ekuma vão consumir água canalizada, pela primeira vez.
O administrador da Empresa Provincial de Distribuição de Água no Cunene, Evangelista Kamaty, disse que, desde 2014, o projecto permitiu efectuar 6.910 ligações em residências, instituições públicas e privadas na cidade de Ondjiva e na vila do Xangongo. Fernando Fonete, morador do bairro Caxila III, mostrou-se satisfeito com os esforços do Governo para a melhoria das condições de vida da população, afirmando que o sistema vai contribuir para a diminuição de várias doenças.
O morador Ivano Belmiro partilha da mesma opinião, acrescentando que a expansão da rede de água às áreas suburbanas e rurais é uma mais-valia, tendo em conta que as comunidades vão deixar de ir à busca de água não tratada em lagoas e cacimbas.

Tempo

Multimédia