Províncias

Micro empresas em Namacunde criam empregos

Dionísio David|Namacunde

O Balcão Único de Empreendedorismo no município de Namacunde, Cunene, desde que abriu em 2012, registou 692 pedidos de financiamentos para a criação de pequenas empresas, disse o seu coordenador ao Jornal de Angola.

Felisberto Mwetufena afirmou estar a ser cumprida a segunda fase da entrada de processos nos bancos para a obtenção de financiamentos e que o balcão do município está a preparar os candidatos em gestão e finanças para se evitarem erros cometidos inicialmente.
Os resultados, referiu, mostraram que é fundamental a formação antes da concessão dos empréstimos bancários aos futuros empreendedores.
 A maioria dos jovens que aderiu ao programa optou pela abertura de cantinas comerciais, empresas de prestação de serviços e salões de beleza, bem como pela actividade agrícola.
A aposta do Executivo na formação técnico-profissional tem permitido que cada vez mais jovens optem pelo empreendedorismo em todo o país.
A iniciativa resulta também na criação de milhares de postos de emprego que beneficia a juventude.

Tempo

Multimédia