Províncias

Milhares de doses de vacina estão disponíveis no Cunene

Dionísio David| Ondjiva

Cerca de 205 mil doses de vacina estão disponíveis para a campanha de imunização contra doenças contagiosas bovinas, prevista para dentro de dias, em todos os municípios do Cunene, anunciou ontem o director provincial da Agricultura.

Milhares de animais são vacinados em breve
Fotografia: Santos Pedro

Dinis Pedro Pacavira, que falava na reunião extraordinária do Conselho de Auscultação e Concertação Social, frisou que as 205 mil doses de vacina servem para cobrir a primeira fase da campanha.
O director provincial avançou que está prevista a chegada de mais 500 doses de vacina, para fazer face à crescente necessidade de imunizar-se o gado a nível daquela parcela do país.
Dinis Pacavira anunciou que a campanha vai abranger aproximadamente 700 mil animais, num universo de um milhão e meio de bovinos em toda a extensão da província do Cunene.
O director acrescentou que muitos municípios do Cunene estavam, há algum tempo, sem realizar campanhas de vacinação, devido a dificuldades financeiras que o país atravessa.
O responsável provincial da Agricultura afirmou que, como consequência da ausência de campanhas de vacinação contra as principais doenças bovinas, com destaque para carbúnculos contagiosa, sintomático bovina e dermatite nodular, boa parte do gado local não desfruta de boa saúde. />Em função disso, Dinis Pacavira defendeu a necessidade urgente da tomada de medidas, para impedir que o número de gado infectado pelas referidas doenças cresça. Deste modo, apelou para que os Serviços Veterinários estejam cada vez mais empenhados e apostados em trabalhar com os criadores, com vista à realização coordenada de campanhas de vacinação que abranjam um maior número possível de animais.
Entre os meses de Fevereiro e Maio deste ano e, no âmbito do combate às doenças animais, foram realizadas, nos municípios do Cuanhama, Namacunde e Cuvelai, campanhas de vacinação contra a febre aftosa, que abrangeram um número significativo de animais nas referidas circunscrições.
O responsável realçou que, dado o elevado custo dos medicamentos adquiridos a partir da Namíbia, se solicitou às autoridades competentes do Governo Provincial do Cunene para a instalação de farmácias, visando facilitar a venda de medicamentos aos criadores com animais mais vulneráveis.

Tempo

Multimédia