Províncias

Milhares de pacientes atendidos no Cunene

Um total de 2.501 pacientes com problemas de visão foram atendidos, entre Janeiro a Setembro deste ano, em diferentes unidades sanitárias da província do Cunene, mais 327 em relação a igual período de 2016, informou ontem, em Ondjiva, o responsável para área de Estatística da Direcção da Saúde na província.

Tratamento de doenças que afectam os olhos leva muitas pessoas aos centros de saúde
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

Isaac Jongongo Tomás avançou ainda que no período em causa diagnosticou-se em crianças patologias como miopia, astigmatismo, hipermetropia e ambliopia.
Já nos adolescentes, destacou-se a vista cansada, coceira nos olhos e lacrimejamento, ao passo que nos idosos foi a catarata e a DMRI (Degeneração Macular Relacionada à Idade). O responsável louvou a boa conduta dos munícipes, que ganharam o hábito de fazer consultas oftalmológicas com frequência, destacando que a saúde dos olhos é, muitas vezes, deixada de lado por pessoas que acham que não precisam voltar regularmente ao consultório.
Isaac Tomás conclui que o acompanhamento periódico é importante para prevenir doenças da retina, por exemplo, e evitar complicações que prejudiquem a boa visão.

Tempo

Multimédia