Províncias

Milhares de pessoas afectadas pela seca

Dionísio David| Humbe

Mais de 700 mil pessoas, além de 500 mil bovinos, são  afectadas no Cunene pela seca que atinge aquela província há já três anos, revelam dados dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros divulgados ontem.

Os mesmos números mostram que os municípios do Cuanhama e Namacunde e partes de Ombadja e Curoca  são as zonas mais afectadas.
 O vice-governador provincial para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas reafirmou ao Jornal de Angola  que a seca afecta a agricultura e gado, “os principais sustentáculos da economia da região”.
Cristino Ndeitunga referiu que o Governo Provincial continua empenhado em encontrar soluções para os problemas do Cunene agravados pela crise económica.

Tempo

Multimédia