Províncias

Novas casas para o interior da província

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

A comissão provincial da habitação do Cunene reuniu, na cidade de Ondjiva, com os administradores municipais, com quem discutiu o modelo de construção, em 2012, de 200 casas em cada circunscrição.

A comissão provincial da habitação do Cunene reuniu, na cidade de Ondjiva, com os administradores municipais, com quem discutiu o modelo de construção, em 2012, de 200 casas em cada circunscrição.
O consultor do governo provincial para o programa nacional de construção habitacional, Augusto Sebastião, propôs quatro modelos, mas os administradores optaram pelo economicamente mais viável.
A primeira hipótese apresentada prevê a construção das casas  sem reboque, que deve ser feito pelo beneficiário, a segunda, com reboque, a terceira, já pintadas, e a última, com todos os acabamentos.
O governador provincial, que participou na reunião, anunciou que os terrenos para a construção das casas já estão disponíveis nos municípios da Cahama, Cuvelai, Ombadja, Kwanhama, Namacunde e Curoca.
“Vamos receber equipamentos provenientes da China para complementar as casas, como mosaicos, chapas, tectos falsos, janelas, portas e louças sanitárias”, disse António Didalelwa, que se mostrou esperançado na conclusão das obras até Agosto de 2012.
O governador António Didalelwa lembrou que foram disponibilizados, a cada município da província do Cunene, 2,6 milhões de dólares para a construção de casas para professores, enfermeiros e outros funcionários públicos.

Tempo

Multimédia