Províncias

Novos casos são registados

Domingos Calucipa | Chiulo

O Hospital Católico do Chiulo, localizado no município de Ombadja, província do Cunene, registou, de Janeiro a Fevereiro deste ano, 42 novos casos confirmados de VIH/Sida, num universo de 621 testes realizados.

De acordo com a responsável do Centro de Aconselhamento e Testagem Voluntária daquela unidade hospitalar, Felismina Maria, dos testes positivos, 25 são de mulheres, 17 de homens.
Em cinco dos testes realizados, obteve-se resultado indeterminado, com as análises a acusarem positivo e negativo, o que exige confirmação um mês depois.
Felismina Maria esclareceu que só é possível determinar um teste como positivo ou negativo três meses depois da data em que se contraiu o vírus, porque antes desse tempo o resultado pode ser confuso.
A responsável informou que, neste momento, o hospital controla 430 doentes, sendo 394 em tratamento e 36 em acompanhamento. Sem precisar os resultados numéricos, afirmou que tem havido uma relativa redução de casos de Sida nos últimos anos, fruto do reforço da informação sobre o perigo da doença, os métodos de prevenção e a distribuição de preservativos.

Tempo

Multimédia