Províncias

Novos casos de lepra no Cunene

O Programa de Luta contra a Lepra registou, no primeiro semestre deste ano, no Cunene, quatro novos casos da doença, menos três em relação a igual período anterior, disse na quarta-feira à Angop o seu supervisor, António Messene.

O Programa de Luta contra a Lepra registou, no primeiro semestre deste ano, no Cunene, quatro novos casos da doença, menos três em relação a igual período anterior, disse na quarta-feira à Angop o seu supervisor, António Messene.
Dois casos foram confirmados no município do Kwanhama e dois em Ombadja, sendo que a redução se deveu à intensificação do tratamento com o uso de “Multi Droga Terapia” que está a contribuir determinantemente para a sua erradicação.
Seis pacientes estão em fase de tratamento e a recuperação é considerada satisfatória. “Temos sensibilizado a população sobre os sintomas da lepra, através da exibição de peças de teatro”, adiantou António Messene.
A lepra é uma doença infecciosa causada pelo bacilo “Mycobacterium leprae”, que afecta os nervos e a pele e provoca danos severos, pelo que as pessoas devem procurar o médico assim que verificam possuir alguns sintomas. Angola tem desenvolvido esfoços para eliminar a doença.

Tempo

Multimédia