Províncias

Obras do novo cemitério têm início no próximo ano

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

O administrador do município do Cuanhama, província do Cunene, José do Nascimento Veyelenge, anunciou para breve, na cidade de Ondjiva, a construção de um novo cemitério municipal.

População de Ondjiva foi elogiada pelo administrador por não vandalizar os cemitérios
Fotografia: Jornal de Angola

O administrador do município do Cuanhama, província do Cunene, José do Nascimento Veyelenge, anunciou para breve, na cidade de Ondjiva, a construção de um novo cemitério municipal.
José do Nascimento Veyelenge disse que o município conta com quatro cemitérios, nos bairros Kafitu II, Kashila, Aeroporto e Missão Católica de Omupanda, este último localizado a sete quilómetros a sul da cidade de Ondjiva.
 Segundo o responsável, este número não satisfaz a procura.  A administração municipal, acrescentou, contratou uma empresa local para fazer a manutenção e limpeza dos cemitérios, de forma a manter as campas conservadas.
O administrador do Cuanhama elogiou o comportamento da população por não vandalizar os cemitérios e voltou a apelar para que se mantenha a mesma conduta.
Afonso Hidulika, morador do bairro Naipalala, disse que o projecto de construção do novo cemitério vai suprir as lacunas registadas até ao momento, visto que os poucos campos santos existentes estão superlotados.
O administrador aconselhou as pessoas a não fazerem limpeza só no Dia dos Finados, mas, pelo menos, uma vez por mês. Nos bairros Naipala I, II e Kafitu, arredores de Ondjiva, ainda são visíveis campas em locais impróprios, feitas durante o conflito armado, situação que exige intervenção urgente das autoridades governamentais.

Tempo

Multimédia