Províncias

Orçamento dá prioridade à área social

Elautério Silipuleni | Ondjiva

O Plano de Desenvolvimento da província do Cunene para os próximos cinco anos vai continuar a dar prioridade às acções voltadas para a construção de escolas, hospitais municipais, centros e postos de saúde.

Entre as prioridades consta a reabilitação e a construção de escolas para inserir mais crianças no sistema normal de ensino e aprendizagem
Fotografia: Jornal de Angola

No entanto, nos sectores da energia e água, urbanismo e habitação nos seis municípios do Cunene, estão previstos nos projectos, destinados a garantir melhores condições de vida à população.
Para a sua concretização foi aprovado um orçamentado de 345 mil milhões de kwanzas, num encontro entre o governador António Didalelwa e os membros do Conselho provincial de Auscultação e Concertação Social.
António Didalelwa disse que as verbas vão também ser aplicadas na construção de estradas, entre as zonas de produção e centros urbanos, e na requalificação dos bairros da cidade de Ondjiva.

Orçamento para 2014


As acções vão enquadrar-se num conjunto de 235 projectos, nos domínios institucional, social e económico, no sentido de permitir a sustentabilidade e melhoria das condições de vida das populações da província do Cunene.
 A proposta do Orçamento Geral do Estado para 2014, na província do Cunene, está avaliada em mais de 22 mil milhões de kwanzas e prevê a realização de 81 novos projectos nos sectores económico, infra-estruturas e instituições sociais. No âmbito deste orçamento, está prevista a construção da Sé Catedral e de duas escolas, sendo uma de 26 e outra de 24 salas, ambas em Ondjiva, além de mais estabelecimentos de ensino nas localidades de Onconcua, Mucope, Mocolongondjo, Canganda e Santa Clara.
Consta ainda a construção dos hospitais municipais de Namacunde e Ombadja, a requalificação dos bairros Castilhos, Camunhandi e Bavaria, assim como a reabilitação das ruas da vila do Xangongo e do bairro de Caculuvale.
O plano de desenvolvimento contempla ainda a construção da biblioteca e do estádio municipal do Cuanhama e do Instituto Superior Politécnico de Ondjiva.

Tempo

Multimédia