Províncias

Organização promove acções nas comunidades

Elautério Silipuleni | Ondjiva

O presidente do Movimento de Apoio Solidário de Angola (Movangola), António Sawanga, disse  ontem, em Ondjiva, capital da província do Cunene,   que a sua organização trabalha no sentido de potenciar os sectores da Agricultura, Educação, Saúde e Habitação para garantir uma melhor estabilidade a nível das comunidades.

Fotografia: Jaimagens

O responsável disse,  na abertura da fase nacional do projecto “Dê mão ao próximo e ajude Angola a reduzir a fome e a pobreza”, que o projecto contempla, entre outros,  a realização de palestras para sensibilizar a população sobre a necessidade da prática da agricultura e a sua importância no desenvolvimento económico e social do país.
“Vamos apostar seriamente no sector agrícola e, para tal, há toda necessidade do envolvimento da comunidade para  o êxito do projecto”, sustentou.
O presidente do Movimento de Apoio Solidário de Angola, António Sawanga,  reconheceu que o êxodo  para as zonas urbanas, durante o conflito armado,  provocou a redução significativa da prática da agricultura, a escassez de alimentos e a pobreza extrema à volta dos grandes centros urbanos.Para o êxito do projecto, referiu António Sawanga , há  necessidade de trabalhar com os centros de  formação profissional para incentivar o auto-emprego, através da entrega de ferramentas de electricidade, mecânica, serralharia, construção civil e canalização. Acrescentou que só assim será possível levar avante o projecto.

Tempo

Multimédia