Províncias

Pessoas mais afectadas têm ajuda em alimentos

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

Vários habitantes dos municípios de Kwanhama, Namacunde, Cahama, Curoca e Cuvelai afectados pela estiagem prolongada que se registou no ano passado, recebem apoio alimentar a partir de Novembro, anunciou ontem o governador da província.

Assistência e Reinserção Social tem disponíveis toneladas de bens para serem doados
Fotografia: Jornal de Angola

Vários habitantes dos municípios de Kwanhama, Namacunde, Cahama, Curoca e Cuvelai afectados pela estiagem prolongada que se registou no ano passado, recebem apoio alimentar a partir de Novembro, anunciou ontem o governador da província.
António Didalelwa afirmou que se está a apurar o número das pessoas afectadas para começarem a receber os donativos.
A estiagem, referiu o governador, também afecta o gado, o que faz com que muitos criadores tradicionais da região procuram levar os animais para áreas  férteis.
O director provincial em exercício da Assistência e Reinserção Social revelou haver 850 toneladas de produtos destinados às vítimas da seca na província.
Mateus Ndauulipoupiu referiu que são esperados alguns camiões com as primeiras toneladas de bens alimentares e que algumas famílias do município da Cahama e da localidade de Môngua, Kwanhama, por serem as mais afectadas, já recebem ajuda do Governo Provincial.

Tempo

Multimédia