Províncias

Povoação tem cozinha comunitária

Dionísio David | Onanghe

A povoação de Onanghe, no município de Cuanhama, dispõe desde sexta-feira de uma cozinha comunitária, construída de raiz, no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.

Empreendimento vai ajudar a suprir as dificuldades que algumas pessoas ainda enfrentam
Fotografia: João Gomes

As obras da cozinha, que é igualmente um espaço social para as comunidades daquela parcela da província do Cunene, foram financiadas pela Administração Municipal do Cuanhama, num valor de quatro milhões de kwanzas, e duraram dois meses.
O chefe do gabinete do Planeamento e Estatística da Administração, Felisberto Calomo, disse que a cozinha entregue à comunidade está devidamente apetrechada com géneros alimentícios, como arroz, fuba de milho, massa e óleo alimentar, conservas e um fogão a gás.
O empreendimento possui cozinha, refeitório e uma despensa e vai atender essencialmente os idosos e deficientes sem possibilidades de auto-sustento, crianças vulneráveis, órfãs e as que percorrem grandes distâncias para chegar à escola.
Ricardo Tchossi, representante da comunidade de Onanghe, agradeceu o gesto da Administração Municipal de Cuanhama, salientando que a cozinha comunitária vai ajudar a suprir várias dificuldades que algumas pessoas ainda enfrentam. A abertura da cozinha permite que as crianças que estudam na localidade e outras que continuam a percorrer longas distâncias possam dedicar-se cada vez mais às aulas.
O administrador municipal de Cuanhama, Gonçalves Namuya, chamou a atenção para a preservação da infra-estrutura posta à disposição da comunidade.
As individualidades da comunidade que se destacaram nas tarefas da construção da povoação, com destaque para os professores, receberam motorizada de três rodas e bicicletas.

Tempo

Multimédia