Províncias

Preços dos produtos básicos sobem no mercado informal

Carlos MigueL |Ondjiva

Os preços dos produtos básicos, no principal mercado informal de Ondjiva registaram, nos últimos dias, um ligeiro aumento, numa altura em que se aproxima a quadra festiva.

Os preços dos produtos básicos, no principal mercado informal de Ondjiva registaram, nos últimos dias, um ligeiro aumento, numa altura em que se aproxima a quadra festiva.
A vendedora Teresa de Fátima disse, ao Jornal de Angola, que os preços subiram devido o aumento da procura para as festas e, também, pela da carência do rand (moeda namibiana), pois todos os produtos são adquiridos na Namíbia.
Chouriço, leite, batata rena, cebola, ovos, farinha de trigo, açúcar e massa alimentar são os produtos, cujos preços mais aumentaram por serem importados da Namíbia.
Além da subida do rand, afirmou a vendedora, também subiram as taxas aduaneiras e os preços de transporte.  A vendedora referiu que os produtos nacionais vêm, maioritariamente, de Kalueke, localidade do município de Ombadja, e da Matala, na Huíla, situados a mais de uma centena de quilómetros.
A lata de leite custa 2.500 kwanzas contra os anteriores 2.300, o saco de batata, de cinco quilos, 1.200, o cartão de seis ovos subiu de 100 para 150, cada quilo de açúcar e de feijão está a 200 e o de farinha de trigo, a 75.
O litro de óleo vegetal é vendido a 220 kwamzas e o de azeite de palma, 300. Os preços dos animais também subiram. Um cabrito é vendido entre 3.500 e 12 mil kwanzas e a galinha, entre 600 e 900 kwanzas.
Os vendedores dizem que os preços dos produtos podem subir, ainda mais, nos próximos dias, por difícil adquiri-los devido à dificuldade em atravessar a fronteira para Angola.

Tempo

Multimédia