Províncias

Programa Nacional de Habitação arranca com centenas de moradias

Domingos Calucipa| Ondjiva

Um total de 1.375 casas vão ser erguidas nos próximos tempos na reserva fundiária do Ekuma I, arredores da cidade de Ondjiva, no Cunene, no âmbito do programa nacional habitacional.

No Cunene está em construção um bairro
Fotografia: Jornal de Angola

Um total de 1.375 casas vão ser erguidas nos próximos tempos na reserva fundiária do Ekuma I, arredores da cidade de Ondjiva, no Cunene, no âmbito do programa nacional habitacional.
A consignação da primeira fase da empreitada ocorreu na passada quarta-feira, compreendendo a construção de arruamentos, passeios, rede de abastecimento de água, drenagem das águas residuais e pluviais, reservatórios de água, redes de electricidade e de telefones e iluminação pública. Os trabalhos desta fase vão ser executados pela empresa local Terrasul, em 18 meses, e vão custar cerca de 36 milhões de kwanzas.
De acordo com o director da obra, o engenheiro Milton Silveira, ao todo o bairro residencial vai contar com 21 quilómetros de arruamento. O espaço compreende uma área de 250 hectares, 76 dos quais reservados para os lotes.  
 A construção das casas só vai ser possível após a conclusão dos arruamentos e da implantação das infra-estruturas urbanas básicas.
Das 1.375 casas a serem erguidas no espaço, 205 são de carácter social. Vão ser também construídas escolas, creches, igrejas, espaços verdes e parques de ­estacionamento.

Tempo

Multimédia