Províncias

Quadros da Saúde recebem habitações

Elautério Silipuleni | Ondjiva

Médicos ao serviço do Hospital Geral de Ondjiva receberam duas casas, inauguradas no bairro da Ekuma, no âmbito dos programas de melhoria das condições de habitabilidade de quadros na província do Cunene.

Estão a ser criadas condições para que todos os quadros serem bem acomodados
Fotografia: Domingos Cadência

O acto de entrega foi presidido pelo vice-governador para o sector Político e Social, José do Nascimento Veyeleinge. O projecto é levado a cabo pelo Governo Provincial, através da Direcção da Saúde.
O programa inclui a construção de várias casas nos seis municípios da região, para garantir uma melhor acomodação dos quadros. José do Nascimento Veyelenge disse que as moradias vão minimizar a carência ainda reinante no seio dos trabalhadores do sector da Saúde, o que tem afugentado muitos profissionais das localidades longínquas.
O vice-governador salientou que, com a entrega das casas aos médicos, a direcção do hospital deixa de arrendar moradias em vários pontos da cidade de Ondjiva, para acomodar o pessoal que vivia em zonas distantes. As condições de acomodação dos quadros vão continuar a ser melhoradas aos poucos. Foram criadas condições para que todos os quadros estejam bem acomodados. Mendes Estevão, um dos médicos beneficiados, disse que a atribuição de uma moradia para quem não tem casa própria é sempre motivo de muita satisfação.
O médico enalteceu o projecto do Governo do Cunene, por constituir um estímulo para os profissionais, na medida em que vai resolver a grande carência de habitações que afligem a maioria dos quadros.

Tempo

Multimédia