Províncias

Realização de projectos de impacto social marcou a vida das populações do Cunene

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

Vários projectos de impacto social e económico foram executados em 2011 na província do Cunene, permitindo o desenvolvimento da região nas mais variadas vertentes e melhoraram as condições de vida das populações.

Os projectos concluídos incluem a construção de casas para os antigos combatentes
Fotografia: Jornal de Angola

Vários projectos de impacto social e económico foram executados em 2011 na província do Cunene, permitindo o desenvolvimento da região nas mais variadas vertentes e melhoraram as condições de vida das populações.
Dos empreendimentos postos à disposição da comunidades, destacam-se a construção do Instituto Médio Agrário de Xangongo, no município de Ombadja, a escola técnica de saúde de Ondjiva, o centro de saúde de Omilunga, município do Cuanhama, a direcção da Provedoria da Justiça, de dois campos polivalentes e a aquisição de equipamentos para o saneamento básico da cidade.
Os dados foram apresentados pelo governador do Cunene, António Didalelwa, durante a cerimónia de cumprimentos de fim de ano, presenciada pelos gestores dos diferentes sectores, responsáveis da Justiça, administradores municipais e comunais, autoridade tradicionais e sociedade civil.
Os projectos concluídos incluem a construção de 200 casas para os antigos combatentes e uma escola de seis salas em Onahumba, Cuanhama. Foi também garantida a aquisição de medicamentos e meios de assistência técnica e veterinária para o meio rural e de meios hospitalares. António Didalelua destacou igualmente a aquisição de dois grupos geradores para a localidade de Okalwa, arredores de Ondjiva, para além de outros projectos de combate à pobreza nos seis municípios da província.
Em curso e em fase avançada estão mais de 40 projectos que visam melhorar a imagem do centros urbanos, das estradas e a vida das comunidades, como a reabilitação do edifício do Governo Provincial, das ruas da cidade de Ondjiva, as estradas que ligam Ondjiva/Santa Clara, Humbe/Cahama e Ondjiva/ Cuvelai, além da construção da conduta de água Xangongo/Ondjiva. António Didalelwa considerou positivo o balanço de 2011, de acordo com os planos e projectos que foram executadas na província.

Tempo

Multimédia