Províncias

Recomendada sensibilização para os riscos

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

Os participantes à Reunião Plenária de Acção Contra Minas, realizada ontem em Ondjiva, recomendaram o reforço das acções de sensibilização para os riscos de minas, visando a redução dos acidentes evolvendo engenhos explosivos.

O encontro, orientado pelo vice-governador para o sector Económico e Social, José do Nascimento Veyelenge, contou com a presença do general André Pitra "Petroff", presidente da Comissão Nacional de Desminagem e Assistência Humanitária (CNIDAH).
André Pitra "Petroff" sugeriu a intervenção junto das estruturas centrais e da comunidade internacional com vista a obtenção de mais financiamentos a favor dos governos provinciais e das organizações não-governamentais que operam na província, no âmbito do cumprimento do plano operacional de acção contra minas 2013/2017.
A Reunião Plenária de Acção Contra Minas recomendou igualmente a revitalização dos pilares de educação sobre o risco de minas e assistência às vítimas de minas, visando contribuir para o alcance das metas do plano estratégico.
Mais recursos humanos e técnicos para se acabar com os problemas que ameaçam as populações das localidades que se encontram próximo dos campos suspeitos, foram solicitados pelos participantes na Reunião Plenária de Acção Contra Minas, que  concluíram que o sector de acção contra minas na província desenvolve actividades no conjunto da estratégia de reconstrução nacional e desenvolvimento do país, havendo a necessidade de se envolverem mais recursos humanos e meios técnicos.

Tempo

Multimédia