Províncias

Reforço do saber no ensino superior é tema de debate

As Jornadas Científicas e Pedagógicas são um mecanismo importante para o reforço do saber e para a excelência do ensino superior, disse ontem, em Ondjiva, o reitor da Universidade Cuito Cuanavale.  

Miranda Miguel, que falava durante o acto de abertura das VII Jornadas Científicas e Pedagógicas do Instituto Superior Politécnico de Ondjiva (ISPO), referiu que o evento constitui um espaço de intercâmbio do saber e troca de experiências académicas.
“As jornadas científicas têm características muito particulares que permitem a integração e consolidações de experiência e motivam a classe académica a  empenhar-se no processo da investigação académica.”
No encontro foram analisados 66 temas relacionados com a melhoria da qualidade do ensino e investigação científica, com destaque para as discussões sobre “A taxa bruta da escolarização e índice do desenvolvimento humano”, “Sistema de seminário para preparação de professores”, “Educação ambiental” e “Metodologia para aperfeiçoar a direcção de actividades cognitivas e aprendizagem”.
As jornadas decorreram sob o lema “A formação de competências profissionais do ensino superior como garante do desenvolvimento social” e tiveram como objectivo aprimorar o sistema de intercâmbio de conhecimentos entre professores e estudantes e elevar a capacidade metodológica dos docentes.
O Instituto está agregado à Universidade do Cuito Cuanavale e funciona desde 2009.

Tempo

Multimédia