Províncias

Repartição do Cunene do Bilhete de Identidade regista muito movimento

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

O único posto de emissão do novo Bilhete de Identidade informatizado da província do Cunene regista, desde o início do processo, grandes enchentes de pessoas provenientes de vários municípios, que necessitam de adquirir o documento.

 O único posto de emissão do novo Bilhete de Identidade informatizado da província do Cunene regista, desde o início do processo, grandes enchentes de pessoas provenientes de vários municípios, que necessitam de adquirir o documento.
A jovem Ana Pedro, de 23 anos, disse ao Jornal de Angola que tratou do seu BI às 10 horas da manhã e recebeu-o por volta das 14h00.
João Simão disse que tratou do Bilhete de Identidade terça-feira e só o recebeu na quarta-feira, porque a instituição adoptou o sistema de emitir um determinado número de documentos para serem entregues aos titulares no dia seguinte, para evitar o fluxo de pessoas no interior da instituição.
O Director Provincial da Justiça, Adriano Ndempomito, disse que as enchentes se devem ao facto da província ter um único posto de atendimento e pela lentidão do sistema electrónico, nos últimos dias. “Quando entramos para o sistema, temos que esperar 30 a 40 minutos até abrir”.

Tempo

Multimédia