Províncias

Sector da Educação na região reforçado com mais docentes

Dionísio David | Ondjiva

Os problemas relacionados com a falta de técnicos para o sector da Educação nalgumas localidades da província do Cunene ficam minimizados com a entrada de 414 novos funcionários, entre os quais centenas de professores, admitidos no quadro do concurso público realizado em 2014.

Do concurso público, as autoridades admitiram, de acordo com a lista de classificação final dos candidatos apurados, 115 professores do primeiro ciclo do ensino secundário diplomados do sexto escalão e outros 70 diplomados para o ensino primário da mesma categoria.
O sector vai contar ainda com 44 professores do II ciclo do ensino secundário, diplomados do oitavo escalão, além de 45 outros auxiliares do ensino primário do sexto grau.
Da lista apurada, destaque ainda para 14 professores do II ciclo do ensino secundário do sexto escalão, 62 operários qualificados de segunda classe, 53 auxiliares de limpeza, também da mesma categoria, e três motoristas ligeiros, igualmente de segunda classe. O referido concurso público surge na sequência da implementação do disposto nos decretos presidenciais n.º 102 e 104/2011, ambos de 23 de Maio, e do despacho conjunto, de 15 de Novembro, dos ministros da Administração Pública e das Finanças.
Uma nota da Direcção Provincial da Educação afirma que, com o provimento das carreiras docentes, no âmbito do regime geral do sector, em função das quotas autorizadas, estão criadas as condições para o reforço da capacidade operacional. O referido organismo deve igualmente prosseguir a  missão de extensão da rede escolar.

Tempo

Multimédia