Províncias

Seropositivos recebem apoio

Elautério Silipuleni | Ondjiva

Doentes com Sida internados no Hospital Geral de Ondjiva receberam na semana finda diversos bens alimentares e medicamentos, doados pela Associação Cristã “Viver com Esperança” (VICESP).

Número de casos de sida tem vindo a diminuir devido ao trabalho de aconselhamento
Fotografia: José Soares |

O donativo, compostos por 100 sacos de fuba, 35 caixas de óleo alimentar, 20 caixas de sardinha em lata, assim como kits de medicamentos, enquadra-se na estratégia de combate às doenças endémicas ou sexualmente transmissíveis, segundo a coordenadora geral da associação.Sandra Maria Ndamonohenda disse que a falta de fármacos no Centro de Aconselhamento e Tratamento do VIH/Sida de Ondjiva e as dificuldades que muitos doentes de Sida enfrentam motivou a Associação a angariar o donativo.
A Associação vai prosseguir acções do género, para contribuir para os objectivos do Ministério, de reduzir ao máximo os índices de contaminação de VIH/Sida no país em geral e na província do Cunene em particular.
A organização tem promovido a formação de activistas para educar a população sobre as formas de prevenção do VIH/Sida.
A responsável do Centro de A­conselhamento e Testagem Voluntária (CATV), Virgília Cândido, considerou a doação “benéfica”, já que vai ajudar a minimizar as carências de fármacos.
“Há pacientes que às vezes necessitam de alguns comprimidos, mas não têm meios financeiros para adquiri-los”, disse, acrescentando que o CATV de Ondjva controla actualmente mais de nove mil pacientes.Virgília Cândido salientou, contudo, que o número de casos de Sida tem vindo a diminuir nos últimos tempos, devido ao trabalho de a­conselhamento da população sobre os riscos da doença.

Tempo

Multimédia