Províncias

Serviço de saúde com maior dinâmica

O programa de municipalização dos serviços de saúde no Namacunde, Cunene, permitiu aumentar de dez para 14 as unidades sanitárias naquele município, no âmbito da melhoria da assistência à população, afirmou ontem a responsável pela área.

Assistência médica na região melhorou
Fotografia: Jornal de Angola

O programa de municipalização dos serviços de saúde no Namacunde, Cunene, permitiu aumentar de dez para 14 as unidades sanitárias naquele município, no âmbito da melhoria da assistência à população, afirmou ontem a responsável pela área.
Dominica Ndesipupata disse que no âmbito do programa, em curso desde 2010, o município passou a ter este ano mais um centro comunal de saúde e três postos médicos.
Em fase de acabamento, declarou, estão dois postos de saúde nas povoações da comuna do Chiedi e outros tantos junto aos marcos fronteiriços número um e dois, o que evita que os residentes na área tenham de ir à Namíbia para serem assistidos.
A execução do programa, orçado cerca de 134,5 milhões de kwanzas, referiu, veio dar outra dinâmica aos serviços de saúde, com a realização de campanhas de vacinação, aquisição de medicamentos, meios de transportes, equipamentos e apetrechamentos da rede sanitária com cadeias de frio.
O município tem seis médicos e 298 técnicos de saúde.

Tempo

Multimédia