Províncias

Situação de emergência em análise na província

Adelaide Mualimusi| Ondjiva

A direcção provincial do Cunene do Ministério da Assistência e Reinserção Social (MINARS) promove desde segunda-feira, em Ondjiva, um seminário sobre protecção da criança em situação de emergência.

Dirigido aos funcionários da direcção provincial do MINARS, efectivos da Protecção Civil e Bombeiros, bem como parceiros sociais, o seminário visa munir os participantes de técnicas de prevenção de calamidades.
Durante quatro dias, vão ser abordados, entre outros,  assuntos ligados à legislação, apoio social e intervenção rápida.
De acordo com Margarida Leite, assessora de direcção do Instituto Nacional da Criança, o governo está preocupado com as calamidades que têm se registado, como a seca e as inundações, e por esta razão realiza este seminário de protecção à criança em situação de emergência.
O vice-governador para o Sector Económico, António dos Santos Candeiro, disse que o Cunene tem sido vítima de calamidades naturais, como a seca e as inundações, que trazem várias consequências, principalmente para as crianças, devido à falta de água, alimentação e, na maioria das vezes, surtos epidémicas.
O governante disse acreditar que, com esta formação, os formandos vão adquirir conhecimentos para melhor gerir os fenómenos naturais e suas consequências. António Candeiro pediu aos participantes para aproveitarem ao máximo a formação, para serem porta-vozes daqueles que não estão a participar.

Tempo

Multimédia