Províncias

Tapete asfáltico reabilitado facilita a fluidez do trânsito

Oitenta e três quilómetros da estrada Humbe-Cahama, na província do Cunene, dos oitenta e sete, encontram-se asfaltados, informo o director do Instituto Nacional de Estrada no Cunene.

Paulo King disse que os trabalhos estão a decorrer de forma satisfatória com a asfaltagem de mais de 95,4 por cento da estrada, de modo a dar início à sinalização vertical e horizontal. 
“Os trabalhos  decorrem a um bom ritmo e, estamos seguro que nada vai atrapalhar.  Estamos na   fase de asfaltagem fica concluída ainda este mês, caso. Cahama foi adjudicada a uma empresa nacional em  2008, num financiamento da União Europeia de 25 milhões de euros. Por incapacidade técnica da empresa, o contrato foi rescindido e, desde 2011, as obras estão a cargo de outra empresa angolana.
A obra consiste num perfil transversal de 12 metros e dois centímetros de largura, 87 quilómetros de comprimento, bermas de metro e meio, duas faixas de rodagem de três metros e seis centímetros cada e passeios. O troço está inserido no principal eixo rodoviário Lubango-Santa Clara, com cerca de 426 quilómetros, um importante corredor rodoviário de ligação entre Angola e outros países da SADC.

Tempo

Multimédia