Províncias

Todos os alunos devem saber usar as tecnologias

Elautério Silipuleni | Ondjiva

O professor de Informática Daniel Benje, da Escola Superior Politécnica de Ondjiva (ESPO), disse, em Ondjiva, que o processo de ensino e aprendizagem exige dos alunos do nível médico o domínio das novas tecnologias de informação e comunicação.

O professor manifestou a o­pinião numa conferência subordinada ao tema “Juventude e as Tecnologias de Informação e Comunicação e suas Vantagens e Desvantagens”, promovida pelo Governo Provincial do Cunene.
Daniel Benhe referiu que os alunos devem recorrer no dia-a-dia àquelas tecnologias, utilizada “por metade de população mundial”, por facilitarem o processo de aprendizagem.
O rápido alargamento do conhecimento das novas tecnologias de informação e comunicação, declarou, verifica-se na mudança do modo de vida das sociedades, nas quais assume “alguma importância na ocupação colectiva e individual”.
A globalização da difusão das novas tecnologias, disse o professor de informática, contribui essencialmente para facilitar os métodos de ensino e aprendizagem, reduz custos e facilita o relacionamento com organizações. As novas tecnologias são usadas frequentemente em todo o mundo a nível de educação, meios de transporte e indústrias, pelo que é importante, recordou, que os estudantes, principalmente no ensino médio,  as associem aos ensinamentos.

Tempo

Multimédia