Províncias

UNICEF recomenda acções sobre o saneamento básico

Dionísio David | Ondjiva

O representante da UNICEF no Cunene, Edson Monteiro, chamou terça-feira a atenção sobre a necessidade de se apostar cada vez mais na melhoria da distribuição da água e do saneamento básico.

Foi defendida a necessidade de se apostar cada vez mais na limpeza e recolha de lixo
Fotografia: Jornal de Angola

Edson Monteiro defendeu que se incentive a realização de acções de saneamento básico nas instituições escolares e residências, uma forma que acredita que vai ajudar as autoridades a combater as enfermidades. O representante da UNICEF, ao falar acerca do 15 de Outubro, Dia Mundial da Lavagem das Mãos, salientou que 40 por cento das doenças que afectam as crianças provêm da falta de higiene nas comunidades.
A UNICEF vai continuar a a­poiar as iniciativas do Ministério da Educação, no sentido de se promover a higiene nas comunidades e nas escolas, salientou. />No âmbito do 15 de Outubro, 500 crianças de escolas do ensino primário, I e II ciclo da província do Cunene foram sensibilizadas a cultivar o hábito da lavagem das mãos com água e sabão, numa acção conjunta entre as direcções da Educação e do Ambiente e a UNICEF.
O chefe da secção de Educação Física e Desporto, Damião Ndemulikuata, disse que a data foi consagrada pela OMS, com o objectivo de sensibilizar as comunidades, com realce para as crianças, acerca da importância da higiene das mãos.

Tempo

Multimédia