Províncias

Urgência hospitalares com registos diferente

Dois casos resultantes de agressões físicas com ferimentos deram entrada na urgência do Hospital Geral de Ondjiva, província do Cunene, nas primeiras horas do ano 2011.

Dois casos resultantes de agressões físicas com ferimentos deram entrada na urgência do Hospital Geral de Ondjiva, província do Cunene, nas primeiras horas do ano 2011, informou no domingo à Angop, a enfermeira de serviço Ana Bela Lopes. A agressão envolveu dois jovens que se envolveram numa briga mas, além deste caso específico, a passagem de ano decorreu num clima calmo.
O serviço de urgência assistiu 112 pacientes, sendo 75 adultos e 37 crianças, dos quais 23 internados nas secções de cirurgia, ortopedia, maternidade, pediatria e medicina geral, informou.
A responsável referiu que foram criadas as condições técnicas e humanas para assegurar o atendimento da população a tempo e horas durante a quadra festiva.
 
Agitação no Kwanza-Norte

O hospital provincial do Kwanza-Norte, em contrapartida, registou uma ligeira agitação durante a passagem de ano, tendo sido assistidos 143 pacientes, 19 dos quais ficaram internados, na sua maioria com traumas decorrentes de acidentes de viação e ferimentos provocados por agressões físicas.
A informação foi avançada à Angop pelo director de enfermagem da referida unidade, Lenvo Sebastião, que destacou que entre os pacientes, 38 foram vítimas de acidentes de viação, um dos quais teve de ser evacuado para Luanda devido à gravidade do ferimento.
Ocorreu ainda o falecimento de uma criança durante as últimas horas, vítima de anemia palúdica.
Até às primeira horas de domingo o hospital tinha internados 116 pacientes em várias enfermarias.

Tempo

Multimédia