Províncias

Vítimas da seca no Cunene recebem bens alimentares

Elautério Silipuleni | Ondjiva

A Igreja Evangélica Congregacional de Angola (IECA) entregou, em Ondjiva, 28 toneladas de arroz, farinha, de milho e trigo, óleo alimentar, feijão, açúcar, sal, sabão, água mineral, conservas e roupa usada para as pessoas mais afectadas pela seca.

Centenas de toneladas de bens de primeira necessidade foram doadas no Cunene
Fotografia: Jornal de Angola

O governador do Cunene recordou que há cerca 542 mil pessoas com falta de comida devido à seca e que a província é normalmente fértil em cereais, hortícolas, citrinos e gado, mas que nos últimos três anos a situação se agravou devido à irregularidade das chuvas.
António Didalelwa prometeu que o Governo Provincial vai continuar a desenvolver esforços para todas as famílias afectada pela situação terem a assistência que merecem.
O representante da Igreja Evangélica Congregacional de Angola   no Cunene, Pascoal Munana, afirmou que a seca que afecta os habitantes do Cunene, Huíla, Kuando-Kubango e Namibe deve sensibilizar toda a sociedade.
A Igreja Evangélica Congregacional de Angola, disse, está solidária com o sofrimento da população do Cunene e de outras zonas do país afectadas pela seca e por isso programou acções de apoio.

Tempo

Multimédia