Províncias

Vítimas da seca recebem apoio

Dionísio David| Ondjiva

Um donativo de seis toneladas de bens diversos foi entregue na terça-feira, em Ondjiva, pela administração municipal de Viana (Luanda), para minimizar as dificuldades da população afectada pela estiagem prolongada no Cunene.

Entregues mais de seis toneladas de comida e bens diversos para minorar as dificuldades das vítimas da seca que assolou a província do Cunene
Fotografia: Santos Pedro

Entre os produtos entregues constam 180 sacos de arroz, 21 de fuba de milho, 140 caixas de massa alimentar, óleo alimentar, material higiénico e roupa usada. O chefe para a área de Assistência e Acção Social da Administração Municipal de Viana, Francisco Katovia Oliveira, que procedeu à entrega do donativo, em representação do administrador de Viana, José Moreno Fernandes, sublinhou que o gesto é uma solidariedade para com as famílias afectadas pela seca no Sul do país.
Segundo explicou, a administração do município de Viana ouviu o grito de socorro do Governo da Província do Cunene e decidiu mobilizar os meios para acudir às comunidades que ainda enfrentam carências alimentares. Prometeu, ainda, que vai continuar a mobilizar meios para apoiar as populações, para se ultrapassar este período de falta de alimento e da consequente morte de gado, que constitui o sustento das comunidades locais.
O vice-governador do Cunene para a Esfera Política e Social, José do Nascimento Veyelenge, agradeceu a atitude da Administração da Viana, que assim se junta a outros apoios que a província recebeu nos últimos tempos.
A província do Cunene está a viver uma situação difícil nos últimos tempos, devido à falta de alimentos, água potável e do elevado número de cabeças de gado mortas, devido à ausência de chuvas na região.

Tempo

Multimédia