Províncias

Vítimas das cheias recebem donativos

Elautério Silipuleni | Ondjiva

A Associação dos Jovens Angolanos Provenientes da República da Zâmbia (AJAPRAZ) doou, sexta-feira, em Ondjiva, bens de primeira necessidade aos sinistrados das cheias que se registam nos últimos tempos na província do Cunene.

A Associação dos Jovens Angolanos Provenientes da República da Zâmbia (AJAPRAZ) doou, sexta-feira, em Ondjiva, bens de primeira necessidade aos sinistrados das cheias que se registam nos últimos tempos na província do Cunene.Os bens, num total de duas toneladas, foram entregues ao governador António Didalelwa, que é também o coordenador provincial da Protecção Civil.
O donativo é composto por arroz, açúcar, fuba, óleo, sabão e leite, bem como roupa usada, chapas de zinco e utensílios de cozinha.
De acordo com o presidente da AJAPRAZ, Bento Raimundo, a organização vai continuar a prestar apoio às populações sinistradas pelas calamidades, de forma a minorar as suas dificuldades.
 O governador António Didalelwa sublinhou que os meios entregues vão permitir prestar ajuda às populações sinistradas nos municípios do Cuanhama, Namacunde, Cuvelai, Ombadja e Cahama. O governador  disse ainda que as cheias já afectaram 33.020 pessoas, desalojaram 170 famílias, destruíram 35 escolas e 338 campos agrícolas ficaram inundados, o que compromete a campanha agrícola. Este é o segundo apoio no decorrer de uma semana. Na passada terça-feira, a Rádio Nacional de Angola doou bens diversos.

Tempo

Multimédia